Chico Legal
Amo brincar com as palavras
Capa Textos E-books Fotos Perfil Prêmios Livro de Visitas Contato
Textos
Crônica do meio da rua
   Foi caminhando pelas ruas do bairro onde mora que um senhor, de pouco mais de 70 anos, fez, quase sem querer, a sua primeira crônica.
   Enquanto se dirigia à sua casa, seus pensamentos faziam o papel de uma máquina de escrever, mas sem barulho algum.
   Sua mente visualizava um planeta extraordinário. No lugar de vastas terras, apenas oceanos. Em vez de casas, barcos e botes. Já os casarões e as mansões eram lanchas iates e transatlânticos.
   Peixes e poesia alimentavam os habitantes daquele planeta.
  Depois do que leu o que escreveu, o homem ficou pensando e se perguntando: quem vai acreditar que eu produzi uma crônica no meio da rua?
   E, imediatamente, concluiu: basta que eu acredite na minha verdade.
   Não precisei de caneta e papel para fazer a crônica. Ela se alojou em mim e aguardou para que eu chegasse em casa e pudesse escrevê-la numa folha de papel virtual.
   Contrariando o título da minha primeira crônica, hoje penso assim:
eu não estava sonhando acordado.
Chico Legal
Enviado por Chico Legal em 10/12/2020
Alterado em 10/12/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários