Chico Legal
Amo brincar com as palavras
Capa Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato
Áudios
REDONDES & REDONDISTAS 004/21
Data: 12/05/2021
Créditos:
Poemas: Andreia e Chico e Magia Dos Poeta
Autoria: Chico Legal
Poemas: Amigo Chico Legal, Amizade e Outono
Autoria: Francisco de Assis Góis
Poema: Muito Grato
Autoria: Lucas Louis Grauthier
Poema: Outono
Autoria: ErivasLucena
Poemas: Folhas Ao Vento e O Sol Ama O Araguaia
Autoria: Jacó Filho
Poema: Outono
Autoria: Mauricio de Oliveira
Poema: O Sol Desponta
Autoria: Maria Augusta Caliari
Poema: Lua Cheia
Autoria: ChicoMesquita

The Wind Beneath My Wings - BEACHES
Piano - Harry Völker
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
REDONDES & REDONDISTAS 004/21
ANDREIA E CHICO

Eu adoro os duetos
De Andreia e do Chico
Não vou falar dos tercetos
Os que rimam com fuxico
São duas vozes suaves
Que discorrem sem entraves
Em todos os seus sonetos
Seu versejar é bem rico
Eu adoro os duetos
De Andreia e do Chico
                               (Chico Legal)

MAGIA DOS POETAS - redonde
(Para Andreia e Chico)

Bem que eles se completam
Falando de poesia
Também declamam e rimam
Com bastante alegria
São dois queridos poetas
Que cumprem bem suas metas
Bons amigos que se amam
Parece até magia
Bem que eles se completam
Falando de poesia
                          (Chico Legal)

AMIGO CHICO LEGAL – redonde

Andreia e eu ficamos
Felizes e muito honrados.
Agradecidos estamos,
Com teus versos ofertados.
És generoso e leal,
Amigo Chico legal...
Ao seu dispor, nós estamos,
Seja em bons ou maus bocados;
Andreia e eu ficamos
Felizes e muito honrados!
                                    (Francisco de Assis Góis)

MUITO GRATO - redonde

Feliz com sua atenção
Grato por sua lembrança
Redonde é explosão
Estando na liderança
E por isto eu venho aqui
Ao poeta aplaudir
Seu experimental então
Muito sucesso alcança
Feliz com sua atenção
Grato por sua lembrança.
                                   (Lucas Louis Grauthier.)

AMIZADE – redonde

É uma amizade sincera,
O que há de mais bonito;
Pelas eras reverbera,
Eis algo em que acredito.
Lucas Louis Grauthier,
Teu amigo eu hei de ser –
Mesmo entre tanta quimera,
Daqui até ao infinito...
É uma amizade sincera,
O que há de mais bonito!
                                   (Francisco de Assis Góis)

OUTONO - redonde

Deixo qu’outono me abrace,
E acalme meus pensamentos,
Em brisas mansas me enlace
E acalente os meus lamentos.
As folhas secas que voam
Pelas praças, não perdoam...
Não usam nenhum disfarce
E espalham seus desalentos.
Deixo qu’outono me abrace,
E acalme meus pensamentos.
                                        (Erivas Lucena)

OUTONO - redonde

Em pleno outono, sozinho,
Só eu e meus pensamentos,
Sentindo o inverno vizinho,
Com os seus tristes lamentos,
Trazendo seu frio cortante...
E eu aqui tão distante,
De ti e do teu carinho,
Cercado de desalentos.
Em pleno outono sozinho,
Só eu e meus pensamentos.
                                      (Francisco de Assis Góis)

FOLHAS AO VENTO - redonde

Olho as folhas caídas,
Sob o vento do outono,
Que caem em pleno sono,
Pra na terra digeridas,
Torná-la fértil de novo,
E alimentar o povo...
Mas sempre bem recebidas,
Nas matas em abandono,
Olho as folhas caídas,
Sob o vento do outono...
                                   (Jacó Filho)

OUTONO - redonde

Outono é linda estação
Beleza a nos encantar
Traz a paz ao coração
O beijo mais desejar
É toque de frio e calor
Chuva de folhas e amor
Poesia que vira canção
Que a todos vem recitar
Outono é linda estação
Beleza a nos encantar
                              (Mauricio de Oliveira)

O SOL DESPONTA - redonde

O sol agora desponta
Bem longe no horizonte
Lindo me deixa tonta
Pela beleza da fonte
O prado todo molhado
O mar é todo bordado
A vida que nos encanta
Saudade dele distante
O sol agora desponta
Bem longe no horizonte
                                 (Maria Augusta Caliari)

O SOL AMA O ARAGUAIA - redonde

O sol nasce cor de ouro,
Pras águas do Araguaia.
Quem presencia o tesouro,
Amanhece de tocaia...
Nunca vi nada mais lindo,
Eu sempre assistia rindo,
Lá do meu ancoradouro,
Onde aproveito a praia.
O sol nasce cor de ouro,
Pras águas do Araguaia.
                                 (Jacó Filho)

LUA CHEIA - redonde

Brilha no céu’a lua cheia
No sertão da minha terra,
Lindos raios que clareia,
Os píncaros lá da serra.
Canta forte a cachoeira,
Corre a chuva na biqueira.
Ouço o canto da sereia,
No quintal cabrito berra,
Brilha no céu a lua cheia
No sertão da minha terra,
                                    (ChicoMesquita)

*Redonde é um estilo poético criado por Francisco de Assis Góis. Conheça a sua teoria literária no link:
https://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/7124216

Ouça a declamação nas páginas de áudio do poeta Francisco de Assis Góis e da poetisa Andreia Jacomelli.

NOTA: Caso algum poeta autor de REDONDES presente nessa página deseje publicar as declamações em sua página de áudio, terei o maior prazer em eviar o arquivo no formato mp3. Basta solicitar através dos comentários.
Minha gratidão a todos e até o próximo REDONDES & REDONDISTAS.
Francisco de Assis Góis.

                                        *************

Magnífica interação do poeta Jacó filho. Gratidão mestre!

OBRA DE ARTE

Vindo aqui reconheço,
O que é obra de arte.
Com dúvidas se mereço,
E feliz em fazer parte,
Prometo fazer por onde,
Promover mais o redonde.
Pra luz reclamar um terço,
E ser o seu estandarte.
Vindo aqui reconheço,
O que é obra de arte.
                              (Jacó Filho)


Enviado por Francisco de Assis Góis em 11/05/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários